O plano de parto é um documento escrito pela gestante, onde são expostas suas vontades em relação ao parto.

É uma espécie de roteiro detalhando quais intervenções ela autoriza ou não fazer, como ela espera que seja a postura da equipe e do hospital, se for o caso, que atenderá o parto, quem ela deseja como acompanhante, quais os cuidados que ela deseja para o bebê entre outras coisas.

É fundamental que toda a equipe que atenderá o parto esteja ciente e alinhada com o plano de parto. No caso de um parto hospitalar com plantonista, a gestante pode levar o plano quando for conhecer o hospital e alinhar com os responsáveis. Ressalto que isso não é uma garantia de que o plano será seguido pelos plantonistas, por isso recomendo que o acompanhante, na maioria das vezes o marido, saiba muito bem sobre o plano para poder interagir com a equipe já que a gestante não estará em condições para isso.

O plano de parto é algo extremamente pessoal. Não recomendo que se faça uma busca na internet de planos já prontos sem ter total conhecimento e alinhamento do que está escrito e apenas mude o nome antes de assinar. Vá construindo o seu plano aos poucos, vá tirando as dúvidas com sua equipe. O alinhamento entre as partes se constrói a cada consulta. Essa é uma excelente forma de saber se aquele profissional está sintonizado na mesma frequência que você, afinal nunca é tarde para mudar.

Deixo esse link como uma referência dos tópicos que podem ser abordados no seu plano de parto.

http://www.amigasdoparto.com.br/plano3.html

Author

Doula e Consultora em Aleitamento Materno

Comments are closed.