Após a polêmica que cercou a maior atriz viva de todos os tempos, Maryl Streep com Karl Legerfeld, diretor criativo da Chanel, a escolha para brilhar no tapete vermelho do Oscar foi Elie Saab estilista Libanês.

Sempre sorridente, a eterna Miranda (Diabo veste Prada) chegou acompanhada de seu marido em um vestido azul lindíssimo, a opção escolhida pela atriz foi um modelo que deixava os ombros aparente. Nós não tínhamos dúvida alguma que Meryl viria elegantérrima, mas superou todas as expectativas, a peça foi feita sob medida para ela.

Comments are closed.